Dumping Social

Nenhum empresário no Brasil acha que as leis que regem as relações trabalhistas são ideais, longe disso. A regulamentação que a CLT impõe aos contratos de trabalho, do modo que é hoje, dificulta em muito a vida dos empresários, onerando a folha de pagamento e jogando multidões no mercado de trabalho informal.

No entanto, lei é lei, e cabe a cada empresário cumpri-la enquanto a mesma estiver vigente. Esse é o entendimento de muitas empresas, principalmente grandes multinacionais norte-americanas e européias. Quem já trabalhou em uma dessas empresas, como eu, sabe que o padrão de conduta de seus departamentos de recursos humanos é pagar tudo o que a lei manda e às vezes até um pouco mais. Há muitos casos de empresas que, ao demitir um funcionário, pagam além das verbas rescisórias previstas em lei pacotes indenizatórios bastante atrativos – eu mesmo conheço alguns ex-funcionários de multinacionais que abriram seu negócio próprio com o recurso que entrou no momento da demissão.

Mas existe um país do mundo cujas empresas que cruzam o oceano não fazem isso, a China comunista. Eu nunca trabalhei para uma empresa chinesa, mas tive grandes amigos que tiveram essa experiência, nunca descrita por eles como algo agradável. As multinacionais chinesas chegaram ao Brasil, e para o cliente final o que fica como marca característica dessas empresas é uma só: elas sempre vendem seus produtos e/ou serviços abaixo do preço médio de mercado. Mas como explicar que uma empresa multinacional que opere no Brasil, debaixo das mesmas leis, consiga lucrar com preços menores que a concorrência?

Para responder a essa pergunta, ou pelo menos para mostrar um dos fenômenos que contribui para isso, nós vamos falar de algo chamado Dumping.

Dumping é uma prática comercial que consiste em uma ou mais empresas de um país venderem seus produtos, mercadorias ou serviços a preços muito abaixo de seu valor justo, por um tempo, visando prejudicar e eliminar os fabricantes de produtos similares concorrentes no local, passando então a dominar o mercado e impondo preços altos. Num ambiente de negócios pouco regulamentado a praticante do dumping precisa ter fôlego financeiro para bancar muitas vendas abaixo de seu preço de custo, a fim de acabar com os concorrentes e depois poder recuperar todas as perdas com lucros futuros exorbitantes.

Num ambiente como o Brasil, com leis como a CLT, os gastos com pessoal representam uma grande parte dos custos de uma empresa e, portanto, possuem um impacto considerável na capacidade de empresa em lucrar. Assim, pagar funcionários registrados como se fossem prestadores de serviço e burlar ao máximo as leis trabalhistas é uma prática e tática correntes de algumas empresas chinesas, que assim praticam o que vem sendo chamado de Dumping Social, ou seja, fazer dumping sem ter o ônus de bancar um período de vendas abaixo do custo – a diminuição dos custos trabalhistas decorrente da constante operação bandida, fora da lei, dá a essas empresas uma competitividade fora do normal, que as norte-americanas, europeias e brasileiras não têm condições de apresentar (a menos que também passem a agir desta forma).

O mundo dos esquerdistas é realmente algo difícil de se entender! As empresas multinacionais dos “imperialistas americanos”, pintados como demônios malvados pelos esquerdistas, quando submetidas a um ambiente de leis intrincado e desfavorável, jogam um jogo honesto e cumprem as regras. Já as multinacionais da China, aquele paraíso comunista do qual os esquerdistas têm tanto orgulho, desrespeitam as leis e conseguem vantagens sobre seus concorrentes num processo que se assemelha ao Dumping, visando a destruição dos concorrentes e o domínio do mercado.

Eu não me canso de ver as canalhices da esquerda expostas. Como diz uma página que sigo no Facebook, “Direitas Já!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s